Cartazes Torture Zone Fórum Loja TS Patrocinadores Download Contatos Videos Fotos Discografia Biografia Tour Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com

individual AmilcarBIOGRAFIA – Amílcar Christófaro

Amilcar Christófaro comecou a tocar bateria no começo de 1991. Baterista destro, tem como objetivo sua eterna busca pela ambidestria. Conhecido por sua velocidade, musicalidade, técnica e perfeccionismo, toca com os braços abertos (chimbal com a mão esquerda), adquirindo assim, habilidade para tocar de grooves lentos a levadas rápidas como skank e blast-beats, além de uma grande versatilidade e criatividade no trabalho com os dois bumbos.

Seu pai, Claudemir Christófaro, foi baterista na década de 60, quando lecionou no Conservatório Musical Ipiranga, em São Paulo; tocou em bandas de baile e na banda de twist,The Four Boys. Seu irmão mais velho, Fábio Christófaro, também baterista mas que não toca profissionalmente, teve papel fundamental no inicio de sua carreira, pois com o irmão no trabalho, Amilcar deixava o skate de lado para arriscar algumas batidas na bateria dele, até que um dia foi convidado para tocar na antiga banda de seu irmão, o RTH, permanecendo até 1992.

Nessa mesma época, teve o primeiro contato com muitas bandas agressivas do Metal como Slayer, Metallica, Coroner, Sepultura, Morbid Angel, Annihilator, Ratos de Porão, Deicide, Krisiun, King Diamond entre outras. E, desde então, esse estilo rápido, pesado e agressivo de música, decretou a sua paixão e o seu jeito de tocar bateria.

No final de 1992, foi convidado a integrar a banda de metal Torture Squad, onde toca até hoje. Com a banda, Amilcar vem realizando frequentes turnês e shows pelo Brasil e Europa, dividindo o palco com grandes nomes da música mundial, participando de importantes eventos e festivais, nacionais e internacionais como ter tocado duas vezes na segunda maior feira de música do mundo, a Mussikmesse de Frankfurt, e três vezes no Wacken Open Air, um dos maiores festivais de Heavy Metal do mundo, também na Alemanha, na cidade de Wacken.

Em meados de 2004 começa a dar aulas particulares de bateria, até que em 2005 se torna professor na Escola Bateras Beat em São Paulo, onde leciona até hoje.
Em julho de 2011, durante a turnê europeia de divulgação do sexto álbum do grupo, Aequilibrium, foi convidado a substituir o baterista do Sepultura em cinco shows, chegando a tocar com as duas bandas, no mesmo dia, em um festival na Alemanha.

Em 2013 foi convidado pelo Angra a participar do show comemorativo de vinte anos do lançamento do primeiro disco da banda, tocando uma música que foi eternizada no DVD ao vivo comemorativo lançado no mesmo ano.

Suas maiores influências continuam sendo Dave Lombardo (Slayer), Lars Ulrich (Metallica), Iggor Cavalera (Sepultura era), Pete Sandoval (Morbid Angel), Gene Hoglan (Dark Angel e Death era), Mikey Dee (King Diamond era e Motörhead), Marky Edelmann (Coroner), Neil Peart (Rush), Scott Rockenfield (Queensrÿche), Nick McBrain (Iron Maiden) e Mike Portnoy (Dream Theater era).

Com o tempo se aprofundou no Jazz , Rhythm and Blues, música instrumental e experimental, e então alguns bateras desses segmentos como Buddy Rich, Billy Cobham e Thomas Lang, só para citar alguns, começaram a se tornar sua influência também.

A anos sendo patrocinado pelas baquetas C Ibanez, a marca tem uma linha signature do baterista. A Baqueta é uma linha 5b, feita de madeira Marfim tendo um peso a mais no pescoço da baqueta, dando assim mais pegada nos ataques, tendo também a ponta redonda para definir mais o som ao tocar.

2014 se tornou um ano muito especial para o baterista sendo matéria de capa da versão brasileira da maior revista do gênero, a Modern Drummer, fazendo dele um dos poucos bateras do estilo metal no Brasil a ser matéria de capa da revista. A Orion Cymbals, sua patrocinadora de pratos, o homenageou pelos dez anos de parceria lançando um ride de 21” Signature de série limitada. Prato esse que foi se moldando sonoramente com o passar dos anos com o baterista sendo um dos consultores de desenvolvimento da marca.

Em 2015, escreve e grava seu primeiro solo de bateria, (First Attack), gravado no cd e DVD ao vivo Coup D´État Live. O Solo compõem partes que moldam o estilo do baterista, com grooves pesados misturados a levadas de dois bumbos entre Skank e Blast beats. Tudo sob muita precisão e feeling.

2016 começa com a gravação do EP Return of Evil gravado em um dos maiores estúdios da América Latina, o Na Cena, onde Amilcar segue mostrando novos caminhos no mundo da bateria pesada, agressiva e musical.

DISCOGRAFIA – Torture Squad
A Soul In Hell (demo) – 1993
Shivering – 1995
Asylum Of Shadows – 1999
The Unholy Spell – 2001
Pandemonium – 2003
Death, Chaos and Torture Alive – 2004
Chaos Corporation (single) – 2007
Hellbound – 2008
Aequilibrium – 2010
Esquadrão de Tortura – 2013
Coup D´état Live – 2015
Return of Evil – 2016

VIDEOGRAFIA
DVD – Death, Chaos and Torture Alive – 2005
DVD – Coup D´état Live – 2015

Contato:
acmetal77@gmail.com