Cartazes Torture Zone Fórum Loja TS Patrocinadores Download Contatos Videos Fotos Discografia Biografia Tour Home Notícias Joao Duarte J.Duarte Design www.jduartedesign.com

Far Beyond Existence – 2017

DON´T CROSS MY PATH
Music: Amilcar Christófaro, Castor, Rene Simionato & May Undead
Lyrics: A.Christófaro

Fighting at the darkest field, fighting
Bleeding till the goal, Bleeding
Against individuals soulless, against
Them all must be born again, them all

Fighting, Bleeding against them all

Life moves at speed of light
Light that shines the future
Things not done today
Tomorrow may be too late

Ritual Metal
It´s one more step ahead
Opened portal
Messages coming from somewhere

Fighting, Bleeding against them all
Always fighting, believing

Motherfuckers sons of lies
Money taken by greedy eyes
Why this fucking disrespect?

Millions here, billions there
Would you like a bribe? About politics
Piece of shit
Not us

Fighting not to fall
Against them all
Battle scars always bleeding
Ready to die

Lords of war
Weapons in hand
This is the law of this land

True attitude
There’s no return
Because we feel that metal burns

Darkest field
Always bleeding
Against individuals soulless, against
Them all must be born again, them all
Must be born, born again

Fighting, Bleeding against them all
Always Believing

Don’t cross my path

Don’t cross my path
Don’t cross my path

NÃO CRUZE MEU CAMINHO
Música: Amilcar Christófaro, Castor, Rene Simionato & May Undead
Letra: A.Christófaro

Lutando no campo mais sombrio, lutando
Sangrando até o objetivo, sangrando
Contra indivíduos sem alma, contra
Todos eles devem nascer de novo, todos eles

Lutando, sangrando contra todos eles

A vida se move na velocidade da luz
Luz que brilha o futuro
Coisas não feitas hoje
Amanha pode ser tarde demais

Ritual Metal
É mais um passo a frente
Portal aberto
Mensagens vindas de algum lugar

Lutando, sangrando contra todos eles
Sempre lutando, acreditando

Filhos da puta, filhos da mentira
Dinheiro tirado por olhos gananciosos
Porque esse desrespeito ‘ducaralho’?

Milhões aqui, bilhões ali
Você gostaria de uma propina? Sobre os políticos
Pedaço de merda
Não nós

Lutando para não cair
Contra todos eles
Cicatrizes de batalha sempre sangrando
Prontos para morrer

Senhores da guerra
Armas em punho
Essa é a lei desta terra

Atitude verdadeira
Não tem volta
Porque nós sentimos o metal queimar

Campo mais sombrio
Sempre sangrando
Contra indivíduos sem alma, contra
Todos eles devem nascer de novo, todos eles
Todos devem nascer, nascer novamente

Lutando, sangrando contra todos eles
Sempre lutando, acreditando

Não cruze meu caminho

Não cruze meu caminho
Não cruze meu caminho

NO FATE
Music: Amilcar Christófaro e Castor
Lyrics: May Undead

When humanity has built death
I saw the future meet the past
Exterminate
No chance for redemption
There is no space for failure
You don’t get a second chance
It’s in your hands
Your choices determine your end
On your paths
You are the one who can order
Each step you take
keep always moving ahead

Choose your target
Be ready to face the enemy
Don’t be afraid
Anger is more useful than fear
Overcoming Destiny

No Fate, your only chance is what you make for yourself
No escape, your only chance is what you make for you

Past, Present, Future, DEATH!
When humanity has built death
I saw the future meet the past
Exterminate
No chance for redemption

There is no space for failure
You don’t get a second chance
Only your choices will determinate your end

Don’t be afraid
keep this in your mind
Anger is more useful than fear

No
No fate
No fate at all

No Fate, your only chance is what you make for yourself
No escape, your only chance is what you make for you

No Fate, your only chance is what you make for yourself
No escape, your only chance is what you make for youself

No fate

SEM DESTINO
Música: Amilcar Christófaro e Castor
Letra: May Undead

Quando a humanidade construiu a morte
O futuro se encontrou com o passado
Exterminar
Sem chance para redenção

Sem espaço para falhas
Você não terá uma segunda chance
Esta em suas mãos
Suas escolhas determinarão qual seu fim

Em seus caminhos
você é único quem pode ordenar
Cada passo que você der
tenha certeza de estar seguindo sempre em frente

Escolha seu alvo
Esteja pronto para encarar o inimigo
Não tenha medo
A raiva é mais útil que o medo
Superando o destino

Sem destino, sua única chance é o que você faz por você mesmo
Sem saída, sua única chance é o que você faz por você mesmo.

Passado, presente, Futuro e morte!

Quando a humanidade construiu a morte
O futuro se encontrou com o passado
Exterminar
Sem chance para redenção

Sem espaço para falhas
Você não terá uma segunda chance
Está em suas mãos
Suas escolhas determinarão qual seu fim
Não tenha medo
Mantenha isso em sua mente
A raiva é mais útil que o medo

Sem
Sem destino
Sem destino nenhum

Sem destino, sua única chance é o que você faz por você mesmo
Sem saída, sua única chance é o que você faz por você

Sem Destino

BLOOD SACRIFICE
Music: Amilcar Christófaro, Castor, Rene Simionato & May Undead
Lyrics: May Undead

Thirsty for blood
She destroys all illusion
Showing the essence of reality

In Sinister pathways
Her name is known and feared
Dark lady, Shredding Thoughts

Maha Kali Blood Sacrifice
Maha Kali Devourer of time
Maha Kali Decapitating the ego
Maha Kali Slaying lies

Life feeds off death
Endless cycle
Relentless death to all things
To see beyond the existence
Dive into the abyss
into the center of your biggest fears

Take the blindfold off your eyes
Don’t be afraid of what you see

Maha Kali Blood Sacrifice
Maha Kali Devourer of time
Maha Kali Decapitating the ego
Maha Kali
Give me your Blood

Take the blindfold off your eyes
Don’t be afraid of what you see

Dancing to Kill
Mine you will be
Feel the beauty of death

Maha – Kali – Homam
Maha – Kali – Homam
Maha – Kali – Homam

Maha Kali Blood Sacrifice
Maha Kali Devourer of time
Maha Kali Decapitating the ego
Maha Kali Slaying lies

Maha Kali Blood Sacrifice
Maha Kali Slaying lies

I wish Impure souls

SACRIFICIO DE SANGUE
Música: Amilcar Christófaro, Castor, Rene Simionato & May Undead
Letra: May Undead

Sedenta por Sangue
Ela destrói toda ilusão
Mostrando a essência da realidade

Em caminhos sinistros
Seu nome é conhecido e temido
Senhora da escuridão, Fragmentos de Pensamento

Sacrificio de Sangue de Maha Kali
Maha Kali, devoradora do tempo
Maha Kali, decapitando o ego
Maha Kali, matando mentiras

A vida se alimenta da morte
Ciclo sem fim
Morte implacável para todas as coisas
Para ver além da existência
Mergulhe no abismo
No centro dos seus maiores medos

Tire a venda dos olhos
Não tenha medo do que vê

Sacrificio de Sangue de Maha Kali
Maha Kali, devoradora do tempo
Maha Kali, decapitando o ego
Maha Kali, matando mentiras

Me dê seu sangue

Dançando para matar
Meu você será
Sinta a beleza da morte

Maha – Kali – Homam
Maha – Kali – Homam
Maha – Kali – Homam*
*Homam: Ritual de fogo em Indú.

Sacrificio de Sangue de Maha Kali
Maha Kali, devoradora do tempo
Maha Kali, decapitando o ego
Maha Kali, matando mentiras
Sacrificio de Sangue de Maha Kali
Maha Kali, matando mentiras

Eu desejo almas impuras

STEADY HANDS
Music: Amilcar Christófaro, Castor e André Evaristo
Lyrics: A.Christófaro

Eyes opened, one more day ahead
Cold breeze touches my soul
Last thought remains in the head
Mind never stops

To Learn from life is the fucking law
The reason speaks louder to you
Some old values leaving, others becoming stronger
Evolution is not just a word anymore

Unconscious practices no more
Be strong to open and face that door
Unconscious practices no more
Worth fighting for

All you’ve built, all you’ve become and all you need will be made by Steady hands
Your damned soul, your control, They will decree
Your new Life

Same mistake
Never again
Natural cycle of life

No regrets
No remorse
There’s so much to do

Lost and found
Silencing the sound
Deeper and deeper

Insistence
Persistence
Obstinacy
Take it all and fight to be free

Elevate
Checkmate
Raise your fist
High and proud

Lost and found
Silencing the Sound
Deeper and deeper
Knowing the unknown

No regrets
No remorse
There’s so much to do
Go and do

Go and do

There’s so much to do
Go and do

All you’ve built, all you’ve become and all you need will be made by Steady hands
Your damned soul, your control, It will decree
Your new Life

PULSOS FIRMES
Music: Amilcar Christófaro, Castor e André Evaristo
Letra: A.Christófaro

Olhos abertos, mais um dia pela frente
A brisa fria toca minha alma
O ultimo pensamento permanence na cabeca
A mente nunca para

Aprender com a vida é a porra da lei
A razao fala mais alto com voce
Alguns valores antigos saindo, outros se tornando mais fortes
Evolucao nao é apenas mais uma palavra

Sem mais praticas incoscientes
Tenha culhao pra abrir e encarar aquela porta
Sem mais praticas incoscientes
Vale a pena lutar por

Tudo que voce construiu, tudo que voce se tornou, e tudo que voce precisa sera feito por pulsos firmes
Sua maldita alma, seu controle, isto irá decretar sua nova vida.

Mesmo erro
Nunca mais
Ciclo natural da vida

Sem arrependimentos
Sem remorsos
Ha muita coisa pra fazer

Persistencia
Insistente
Obstinacao
Pegue tudo isso e lute para ser livre

Elevar
Cheque-Mate
Erga seu punho
Alto e orgulhoso

Achado e perdido
Silenciando o som
Profundo e mais profundo
Conhecendo o desconhecido
Sem arrependimentos
Sem remorsos
Ha muita coisa pra fazer
Vá e faca

Ha muita coisa pra fazer
Vá e faca

(Chorus)
Tudo que você construiu, tudo que você se tornou, e tudo que você precisa, sera feito por pulsos firmes
Sua maldita alma, seu controle, isto irá decretar sua nova vida.

HATE
Music: Amilcar Christófaro e Castor
Lyrics: Amilcar Christófaro

Come to me and lie
Come to me and die
Stagnant all the time
Here you’ll find your crime

No remorse, Holocaust
Many dies, dirty sky
With death here I am

Cold wine, red floor
Blood in line, Party Gore
Dead eyes never cry

Come to me and lie
Come to me and die
Stagnant all the time
Here you’ll find your crime

No remorse, genocide
Many dies, dirty sky
With death here I am

Cold wine, red floor
Blood in line, Party Gore
Dead eyes never cry

Feel Hell Burn
Taste the poison
Feel the purest

Stay with me and lie
Stay with me and die
Stagnant all the time
Here you’ll find your crime

No remorse, Terror show
Many dies, dirty sky
With death here I am

Cold wine, red floor
Blood in line, Party Gore
Dead eyes never cry

Feel hell Burn
Taste the poison
Feel the purest

HATE
HATE
HATE
HATE

Come to me and lie / Come to me and lie
Come to me and die / Come to me and die
Stagnant all the time / Stagnant all the time
Code Found

Feel Hell BURN
Taste the poison
Feel the purest
HATE
HATE
HATE
HATE

ÓDIO
Music: Amilcar Christófaro, Castor e Rene Simionato
Lyrics: Amilcar Christófaro
Venha para mim e minta
Venha para mim e morra
Estagnado a todo momento
Aqui você vai achar seu crime

Sem remorso, holocausto
Muitas mortes, céu sujo
Com a morte aqui estou eu

Vinho tinto, chão vermelho
Linha de sangue, festa gore
Olhos mortos nunca choram

Venha para mim e minta
Venha para mim e morra
Estagnado a todo momento
Aqui você vai achar seu crime

Sem remorso, genocídio
Muitas mortes, céu sujo
Com a morte aqui estou eu

Vinho tinto, chão vermelho
Linha de sangue, festa gore
Olhos mortos nunca choram

Sinta o inferno queimar
Prove o veneno
Sinta o mais puro…

Fique comigo e minta
Fique comigo e morra
Estagnado a todo momento
Aqui você vai achar seu crime

Sem remorso, show de terror
Muitas mortes, céu sujo
Com a morte aqui estou eu

Vinho tinto, chão vermelho
Linha de sangue, festa gore
Olhos mortos nunca choram

Sinta o inferno queimar
Prove o veneno
Sinta o mais puro

ÓDIO

Venha para mim e minta… Fique comigo e minta
Venha para mim e morra… Fique comigo e morra
Estagnado a todo momento… Estagnado a todo momento
Código achado!

Sinta o inferno queimar
Prove o veneno
Sinta o mais puro

ÓDIO

HERO FOR THE AGES
Music: Amilcar Christófaro, Castor.
Lyric: Bruce Lee

“I’m not in this world
To live up your expectations
And you’re not in this world
To live up to mine”

“Adapt what is useful
Reject what is useless
And add what is
Specifically your own”

“A wise man can learn more
From a foolish question
That a fool can learn
From a wise answer”

“The possession of anything
Begins in the mind”
“As you think,
so shall you become”

“Using no way as a way,
Having no limitation as limitation”

“Be like water making its way through cracks
Do not be assertive but adjust to the object
Empty your mind, be formless shapeless like water.
Now water can flow or it can crash.
Be water, my friend”

“Knowledge will give you power
But character respect”

“The key to immortality
Is first living a life worth remembering”

“To hell with circumstances, I create opportunities”

“The doubters said, man cannot fly
The doers said maybe, but well try
And finally soared in the morning glow
While non-believers watched from below”

“Be like water making its way through cracks
Do not be assertive but adjust to the object
Empty your mind, be formless shapeless like water.
Now water can flow or it can crash.
Be water, my friend”

HERÓI POR ERAS
Música: Amilcar Christófaro, Castor.
Letra: Montada por A.Christófaro com filosofias de vida do Bruce Lee

“Eu não estou nesse mundo
para viver sob suas expectativas,
e você não está nesse mundo
para viver sob as minhas.”

“Adapte o que é útil,
rejeite o que é inútil
e adicione o que é
especificamente seu”

“Um sábio pode aprender mais
de uma pergunta tola
que um tolo pode aprender
de uma resposta inteligente”

“A possessão de qualquer coisa começa na mente”
“Como você pensa, assim você se torna”

“Usando nenhum meio como meio, tendo nenhuma limitação como limitação”

“Seja como a água que faz o seu caminho através das rachaduras
Não seja inflexível mas ajustado ao objeto
Esvazie sua mente, seja sem forma como a água.
Agora a água pode fluir ou pode bater.
Seja água, meu amigo”

“Conhecimento lhe dará poder menos o respeito do caráter.”

“A chave para a imortalidade é primeiro viver uma vida que vale a pena ser lembrada”

“Para o inferno com as circunstâncias, eu crio oportunidades.”

“Os que duvidam disseram, o homem não pode voar
Os que fazem disseram talvez, mas iremos tentar
E finalmente subiu no brilho da manha
Enquanto os descrentes assistiam de baixo.”

“Seja como a água que faz o seu caminho através das rachaduras.
Não seja inflexível, mas ajustado ao objeto
Esvazie sua mente, seja sem forma como a água.
Agora a água pode fluir ou pode bater.
Seja água, meu amigo”

FAR BEYOND EXISTENCE
Music: Amilcar Christófaro, Castor.
Lyrics: Amilcar Christófaro

This is the life we live in a world we think we know
As quick as a deadly bullet, mankind passes, but the work remains
Understand your instinct, maybe you’ll become a myth, but there´s a price to pay
Express yourself, confront yourself
Courage to break all the bricks

After this life nobody knows, eternal enigma
Maybe one day, more wisdom will come
To know this deepest abyss

Universe is here, there, everywhere
The sun and moon still spying on us
Incandescent rock, going somewhere
Release your mind, leave all behind

Feel the breeze
Breathe the air
Look around
State of mind

Far Beyond existence
Far Beyond the grave
Far Beyond existence
Far beyond
More questions than answers
Far Beyond existence
Far beyond the grave
Far Beyond existence
Far Beyond life

“Two things are infinite,
the universe and human stupidity.
But, with respect to the universe,
have not got the absolute certainty. ” Albert Einstein

Human being; Thinks can do anything
Haughtiness; One Time will learn
Penitence; It can be late

Pray for time

This is the life we live in a world we think we know
As quick as a deadly bullet, mankind passes, but the work remains
Understand your instinct, maybe you’ll become a myth, but there´s a price to pay
Be free, confront yourself
Courage to break all the bricks

Feel the breeze
Breathe the air
Look around
Peace of mind

Far Beyond Existence
Far Beyond the Grave
Far Beyond Existence
Far beyond Life

MUITO ALÉM DA EXISTÊNCIA
Música: Amilcar Christófaro, Castor.
Letras: Amilcar Christófaro

Essa é a vida que vivemos em um mundo que achamos que conhecemos
Tao rápido como uma bala mortal, a humanidade passa mas o trabalho permanece
Entendendo seu instinto, talvez você se tornará um mito, mas há um preço a se pagar
Se expresse, se confronte
Coragem para quebrar todos os tijolos

Após essa vida, ninguém sabe, enigma eterno
Talvez um dia, mais sabedoria virá
para conhecer esse abismo profundo

Universo está aqui, ali, em todo lugar
O sol e a Lua continuam nos espiando
Rocha incandescente indo para algum lugar
Libere a mente, deixe tudo para trás

Sinta a brisa
Respire o ar
Olhe ao redor
Estado de espírito

Muito além da existência
Muito além da sepultura
Muito além da existência
Muito além
Mais perguntas que respostas
Muito além da existência
Muito além da Sepultura
Muito além da existência
Muito além da vida

“Duas coisas são infinitas,
O universo e a estupidez humana.
Mas, com respeito ao universo,
não tenho certeza absoluta. ” Albert Einstein

Ser humano; Pensa que pode fazer tudo
Arrogância; Uma hora irá aprender
Penitência: Pode ser tarde
Reze por tempo

Essa é a vida que vivemos, em um mundo que achamos que conhecemos
Tao rápido como uma bala mortal, a humanidade passa mas o trabalho permanece
Entendendo seu instinto, talvez você se torne um mito, mas há um preço a se pagar
Se expresse, se confronte
Coragem para quebrar todos os tijolos

Sinta a brisa
Respire o ar
Olhe ao redor
Paz de espírito

Muito além da existência
Muito além da sepultura
Muito além da existência
Muito além da vida

CURSED BY DESEASE
Music: May Undead e Amilcar Christófaro
Lyrics: May Undead

A rotting corpse remains preserved
Receptacle of the spirit of a king
Sarcophagus was sealed
With all his treasure
And on the walls the paintings bore a curse

“Death will attack
With its trident
For those who disturb the Pharaoh!”
Inscrições presentes nas paredes da tumba de Tutankammon

For a thousand years
The curse remained
Asleep beside the king
Sarcophagus was raped
Affronted by greedy
The Gold shines awaking the evil side

“Death will attack with its trident
For those who disturb the Pharaoh!”

Rotting
Devouring your lungs
Waning
Drying out to the bone
Growing
No cure nor control
Cursed by Disease

“I’m the one who expelled the robbers out of the grave with the flame of the desert. I am the one who protects the tomb of Pharaoh. “

Burn
Time to Learn
Fate
Too late

Seeking the true treasures
Beyond Consciousness
Seeking the true treasures
The key that opens all doors

“Death will attack with its trident
For those who disturb the Pharaoh!”

Rotting
Devouring your lungs
Waning
Drying out to the bone
Growing
No cure nor control
Cursed by Disease

AMALDIÇOADO PELA DOENÇA
Música: May Undead e Amilcar Christófaro
Letra: May Undead

Um cadáver apodrecendo permanece preservado
Receptáculo do espírito de um rei
Sarcófago foi selado com todo seu tesouro
E nas paredes as pinturas traziam uma maldição

A morte atacará com o seu tridente
aqueles que perturbam o faraó.

Por mil anos a maldição permaneceu
Adormecido ao lado do rei o sarcófago foi violado
Afrontado por gananciosos
O ouro brilha despertando o lado mau

A morte atacará com o seu tridente
aqueles que perturbam o faraó.”

Apodrecendo
Devorando seus pulmões
Minguando
Secando até o osso
Crescendo
Sem cura nem controle
Amaldiçoado pela doença

“Eu sou quem expulsou os ladrões do túmulo com a chama do deserto. Eu sou quem protege a tumba do faraó!”

Queimar
Hora de aprender
Destino
Muito tarde

Buscando os verdadeiros tesouros
Além da Consciência
Buscando os verdadeiros tesouros
A chave que abre todas as portas

A morte atacará com o seu tridente
aqueles que perturbam o faraó.

Apodrecendo
Devorando seus pulmões
Minguando
Secando até o osso
Crescendo
Sem cura nem controle
Amaldiçoado pela doença

YOU MUST PROCLAIM
Music: Amilcar Christófaro e Castor
Lyric: Castor

Cheating, lying
All the time
Can’t bear you
Lord of lies
Controlling, disturbing
You’ll never change my mind

Pretending, deceiving
Pain will be found
Goodness, promises
Won’t sell me out

Spitting words in vain
Treating us with disdain
No more alibis
Illusions…no way!
You must proclaim

Raping, screwing
Human rights
Don’t care if you live or die
Tricking, confusing
Everything is out of control

Blinding, distorting
Reality is a tragic doom
Greediness, rottenness
Mankind will perish soon

Spitting words in vain
Treating us with disdain
No more alibis
Illusions…no way!
You must proclaim

You must Proclaim

Cheating, lying
All the time
Can’t bear you
Lord of lies
Controlling, disturbing
You’ll never change my mind

Pretending, deceiving
Pain will be found
Goodness, promises
Won’t sell me out

Spitting words in vain
Treating us with disdain
No more alibis
Illusions…no way!

Spitting words in vain
Treating us with disdain
No more alibis
Illusions…no way!
You must proclaim

VOCÊ DEVE PROCLAMAR
Música: Amilcar Christófaro e Castor
Letra: Castor

Traição, mentira
O tempo todo
Não posso suportar você
Senhor das mentiras
Controlando, perturbando
Você nunca mudará minha mente
Fingindo enganando
A dor será encontrada
Bondade, promessas
Não vão me convencer

Cuspindo palavras em vão
Tratando-nos com desdém
Sem mais álibis
Ilusões… Sem chance!

Você deve proclamar!

Estuprando, fodendo
Os direitos humanos
Não importa se você vive ou morre
Truques, confusões
Tudo está fora de controle
Cegueira, distorção
A realidade é um destino trágico
Ganância, podridão
A humanidade perecerá em breve

Cuspindo palavras em vão
Tratando-nos com desdém
Sem mais álibis
Ilusões… Sem chance!

Você deve proclamar!

Traição, mentira
O tempo todo
Não posso suportar você
Senhor das mentiras
Controlando, perturbando
Você nunca mudará minha mente
Fingindo enganando
A dor será encontrada
Bondade, promessas
Não vão me convencer
Cuspindo palavras em vão
Tratando-nos com desdém
Sem mais álibis
Ilusões… Sem chance!

Você deve proclamar!